caindo no poço, no escuro. a partir daquele ponto afinal até outro e o início mais uma vez.
imagens do que não é bom.
conceitos. histórias. feridas.
a dor que atravessa as memórias.
dilacera ponto a ponto, pele, mente, coração, estômago.
esperando pelo fundo do poço, tão temido
que não
chega nunca.

2 comentários:

  1. curioso... profundo... como o poço...

    ResponderExcluir
  2. Não tou esperando fundo de coisa nenhuma, tomo fluoxetina.

    ResponderExcluir